Pedrão Hits

Marcelo Lacerda – São Paulo, 12 de Agosto de 2020.


Fonte: Arquivo Pedrão Hits

Saudações povo do samba!

Essa semana a coluna Batucada Guarulhense irá abrir uma exceção e pela primeira vez iremos contar um pedaço da trajetória de um grande músico que além de contribuir muito com o nosso seguimento, leva alegria e entretenimento a muita gente pois além de excelente musico trata se de um ser humano extremamente carismático, mas que infelizmente está passando por um momento delicado, e precisa de ajuda, e por esse motivo a coluna falará essa semana de um musico da cidade de Mirassol o qual eu tive o prazer de conhecer e também de tocar junto em uma ocasião mais que especial a alguns anos atrás, e uma das missões dessa humilde coluna e dessa importante revista a qual me reporto é sim de ajudar os músicos, sendo contando suas histórias, divulgando os seus trabalhos ou de alguma forma que esteja ao alcance da Revista Cavaco, como estamos fazendo agora divulgando além de sua trajetória, seu problema de saúde e os meios para quem puder e quiser participar da campanha de ajuda, possa fazê-lo.

Pedro Rubens Justino (Pedrão Hits), nasceu em Mirassol em 29 de junho de 1949 (71 anos). Anos depois, mudou-se para a capital paulista onde iniciou seus estudos musicais na Escola de musica Clam do Zimbo Trio, considerada uma das melhores e mais prestigiadas escolas de música do Brasil.

Pedrão é guitarrista e cantor, encanta o público com sua voz grave e seu jeito especial de tocar e interpretar canções especialmente do repertório popular brasileiro, samba e jazz.

Foi integrante de diversos grupos musicais e acompanhou grandes artistas como: “Originais do samba”, “Frente de casa”, “Paulinho da viola”, “Agnaldo Rayol”, “Terry Winter”, “Wilson Simonal”, “Maria Alcina”, “Dom e Ravel”, “Amado Batista”, “Jamelão”, “Edith Veiga”, “Miltinho”, e participando também de diversas gravações profissionais como instrumentista e vocalista.

Apresentou-se em Ramada, Assuncion/Paraguai, França, Lisboa/Portugal, e em São Francisco/Califórnia.

Esteve no Japão por três  anos e meio ,excursionando por Tóquio, Osaka, Nagoya, Kobe, Kioto, entre outras.

Acompanhou a cantora e compositora Regina Benedetti em Juazeiro na Bahia no aniversário em comemoração aos 80 anos do “Pai da Bossa Nova”, “João Gilberto”, ao lado de João Bosco e o Maestro Aderbal Duarte.

Pedrão ganhou notoriedade e respeito por sua amabilidade e importância na música popular brasileira, tornando-se um artista muito conhecido e adorado em sua região.

Saúde

Sua condição de saúde vem se agravando nos últimos anos devido à obesidade mórbida. Hoje apresenta graves sequelas decorrentes da patologia, como:  hipertensão arterial, glaucoma, grave apneia do sono, problemas ortopédicos que o impedem de caminhar, além de todas as dificuldades diárias relacionadas ao quadro ,como dificuldade para o convívio social, transporte e adaptação doméstica.

Sempre com boa energia e positividade, mesmo diante das dificuldades inerentes à doença, Pedrão ainda mantinha sua carreira de músico ministrando aulas e se apresentando em bares e eventos na região, o que mantinha sua condição básica de sobrevivência. A pandemia que nos assola foi ainda mais contundente para ele, que teve sua situação agravada pela imposição do isolamento e interrupção de sua atividade laboral.

A Campanha

Um grupo de amigos do Pedrão que, sensibilizado com a situação alarmante em que ele se encontra, resolveu criar uma campanha para viabilizar o tratamento indicado por médicos e que ele tanto precisa.

O objetivo é arrecadar, inicialmente, R$ 40.000,00 (quarenta mil reais ) para custear sua internação em um SPA médico, com acompanhamento multidisciplinar (médicos, enfermeiros, nutricionistas, educadores físicos, fisioterapeutas, psicólogos, etc.) e exames periódicos.

Segundo orientação médica e do SPA, a internação deve se dar por dois meses para que possa perder em torno de 45kg, necessário para condicioná-lo a uma futura cirurgia bariátrica.

E  esse grupo de amigos precisa do apoio de colaboradores para alcançar sua meta de dar qualidade de vida e devolver a alegria de viver a esse homem sensível, de coração grande e amigo do bem, que tanto prazer e alegria já proporcionou com sua arte.

Conta para depósito:

Banco: Itaú (341)

Ag:0502

CC:07230-9

CPF:566.797.699-49

Monica T. Monné De Oliveira

Importante identificar-se com nome completo na transferência bancária/depósito.

Ou no link da vaquinha virtual:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/pela-saude-do-pedrao

Desde já os amigos do Pedrão agradecem a todos !

Contatos com o Colunista:
E-mail: mlarcerda@revistacavaco.com.br